RB Investimentos

A importância da área de compliance

Após o sancionamento da lei Anticorrupção no Brasil, investir em programas de compliance significa garantir uma espécie de vantagem reputacional, especialmente em instituições financeiras. Para o investidor é mais seguro contar com parceiros que tenham compromisso com a ética e a lei e contem com uma equipe colaboradores que compreenda a importância de cumprir as normas e combater atos ilícitos e ilegais.

De acordo com Ana Paula Candeloro, diretora de Compliance no Grupo RB, um programa efetivo de compliance contempla um conjunto de processos, fluxos e comportamentos éticos que direcionam a conduta da companhia e seus colaboradores, para que ela atinja seus objetivos estratégicos e longo prazo. Desta forma, ele não deve ser visto como um instrumento de controle burocrático. “O ideal é que uma área de compliance trabalhe em parceria junto ao negócio, de forma a proteger suas operações e monitorá-las de forma preventiva, visando assim antever eventuais problemas e mitigar riscos para preservar a imagem e a reputação da empresa”, completa a especialista.

Ana Paula ainda enfatiza que um dos pilares fundamentais para a implementação de um programa de compliance bem sucedido é o treinamento. “Compliance é cultura”, afirma, e todos os colaboradores e dirigentes, quando devidamente alinhados, acabam por zelar pelo seu trabalho, incorporando práticas honestas e éticas e contribuindo para avanços na gestão, prevenção de fraudes e irregularidades, redução de custos e assim, gerando melhores resultados para a empresa e seus stakeholders.

Além disso, o treinamento minimiza os erros operacionais, e por consequência, o risco, o que torna a empresa mais interessante para o investidor, já que incorpora segurança a processos mais robustos e precisão na transmissão das informações. Assim, pode-se dizer que quanto maior o investimento de uma empresa em compliance, menor será o risco para seus investidores.

Outra frente de atuação da área de compliance considera que as instituições financeiras, por muitas vezes serem utilizadas como veículos em diversos atos ilícitos de lavagem de dinheiro ou até de financiamento de atos terroristas, têm o importante papel de estabelecer mecanismos para prevenir esses atos. Desta forma, deve disponibilizar ferramentas como um canal de denúncias anônimas, tecnologias de monitoramento de operações e por último - e não menos importante - um processo de onboarding, que irá garantir que a empresa conheça a fundo seus clientes, entendendo seu perfil de operações e comprovando que pessoas e empresas são quem elas realmente alegam ser.

Um valor importante agregado pela área de compliance aos nossos clientes é assegurar o acesso a profissionais qualificados e certificados que entendam e dominem os mais diversos produtos de investimento e seus riscos associados e saibam alocá-los de acordo com o perfil de risco de cada carteira. Para isso, nossos profissionais precisam de diversas certificações e uma das atribuições da área é garantir que todos os especialistas estejam com suas certificações em dia. Alguns exemplos são as exigidas por órgãos reguladores, como a CPA 20 (Certificação Profissional ANBIMA – Série 20), CGA (Certificado de Gestores ANBIMA), e a própria certificação dos profissionais de compliance, a PQO - Programa de Qualificação Operacional.

A RB Investimentos conta com uma equipe de compliance estruturada, formada por compliance officers com ampla experiência no mercado, cada um deles atuando em uma linha de negócios da companhia, garantindo alto nível de especialização e entregando a nossas clientes uma plataforma sólida e segura para realizar seus investimentos. Abra sua conta digital, sem burocracias, e viva uma nova experiência em investimentos. Confira abaixo a entrevista completa com a nossa Diretora de Compliance.

RB Investimentos
Armazenamos cookies em seu dispositivo para proporcionar uma melhor experiência. Ao utilizar esse site, você concorda com nossa política de privacidade