Compartilhe:
Banner Blog Economia chinesa dá sinais de retomada

Economia chinesa dá sinais de retomada

Indicadores de PMI e Lucro Industrial apontam que a China já está reaquecendo sua economia

Economia chinesa dá sinais de retomada

Indicadores de PMI e Lucro Industrial apontam que a China já está reaquecendo sua economia

O final de junho trouxe notícias chinesas promissoras. A economia local voltou a dar sinais de recuperação já que a China foi o primeiro país a entrar em lockdown, e o primeiro a sair - países do mundo inteiro acompanham a velocidade de sua retomada.

O PMI Industrial da China subiu de 50,6 em maio para 50,9 em junho, informou o Escritório Nacional de Estatísticas do país. O resultado veio acima dos 50,5 pontos esperado por analistas. Esse indicador é um compilado de opiniões de empresários do setor, que mostram como está a sensibilidade em termos de demanda, preços de matéria prima, entre outros.

Esse foi o resultado mais alto em três meses, o que demonstra expansão mais rápida do setor, que já vinha avançando. Já o PMI de Serviços subiu de 53,6 em maio para 54,4 em junho. Foi a quinta alta mensal consecutiva do índice.

O setor de serviços certamente é algo que devemos acompanhar. Os primeiros relatos pós reabertura eram de consumidores em casa. As pessoas não saiam, mesmo que as autoridades já indicassem que era seguro. Os relatos mais recentes começam a mostrar uma melhora na situação para os comerciantes.

Por fim, tivemos no final de semana o lucro de grandes empresas industriais da China, que cresceu 6% em maio na comparação com o mesmo mês de 2019. No mês de abril, o indicador tinha recuado 4,3%. Analistas estavam desconfiados que os indicadores da indústria estavam mostrando um quadro distante da realidade. Com o governo orientando as indústrias a retomarem sua produção, o medo é que a demanda não fosse acompanhar e as indústrias amargassem prejuízos.

Ainda estamos em um ambiente de muita fragilidade, o segundo semestre será bastante desafiador, mas dados como esses mostram alguma esperança.

Armazenamos cookies em seu dispositivo para proporcionar uma melhor experiência. Ao utilizar esse site, você concorda com nossa política de privacidade