Compartilhe:
Banner Blog Carteira de Ações - Fevereiro 2024

Carteira de Ações - Fevereiro 2024

Para os meses de fevereiro e março, o balanço das empresas do último trimestre de 2023 estará em foco. Com base nisso, realizaremos uma mudança para fevereiro.

Carteira de Ações - Fevereiro 2024


Para os meses de fevereiro e março, o balanço das empresas do último trimestre de 2023 estará em foco. Com base nisso, realizaremos uma mudança para fevereiro. Retirando as ações da Energisa e incluindo Suzano. 

Prevemos um desempenho interessante para a Vale, como a própria prévia operacional da companhia já apontou. Lembrando que o minério de ferro sai de US$117 a tonelada, em setembro, para US$138 a tonelada na virada do ano. A empresa ainda negocia muito correlacionada com as notícias da economia chinesa, mas esperamos um pouco mais de atenção aos próprios dados

A Suzano entra com uma expectativa positiva para o balanço, além de representar uma posição mais defensiva para momentos de depreciação cambial. Como acreditamos em um corte de juros, nos EUA, mais perto da virada do semestre, a pressão no câmbio pode ocorrer. A Suzano subiu o preço da celulose para China, Europa e América do Norte, ao longo do último trimestre de 2023. 

As empresas de shoppings em nossa carteira, Allos e Iguatemi, já mostraram um fluxo maior de pessoas em seus imóveis, nos últimos meses. Esperamos mais uma vez resultados sólidos das companhias. De acordo com a prévia do resultado das vendas totais do 4T23, o portfólio da Companhia apresentou um crescimento em vendas totais de 11,7% vs. o 4T22, atingindo um recorde de R$ 5,9 bilhões no período.  


Segue o relatório completo: Carteira RB - fevereiro 2024.pdf

Nosso site utiliza cookies para proporcionar uma melhor experiência de navegação para você. Para maiores informações, acesse a nossa Política de Privacidade.